+ 55 (11) 98706.1108    contato@gpontes.com

GPontes - Ligando você ao sucesso!

O verdadeiro valor do que é raro

Como artigo do mês, escolhi como tema algo que nos faça refletir a respeito do quanto as raridades detém valor e poder de mudança.

Veja só: a raridade do ouro faz com que ele seja bem mais caro que o barro. Acrescente a isto, o quanto o ouro pode mudar a vida das pessoas. Esta linha de raciocínio também serve para o dólar e o euro, em relação ao nosso real. A Ferrari, a residência de beira mar, a própria saúde, o concurso ou o emprego que requer mais capacitação – ambos têm salários maiores que os demais. E por aí vai!

Bem, certo disto, podemos concluir, de forma indubitável, que quanto mais raro for o que se deseja ter ou ser, pode-se viver melhor ou se ter em mãos uma enorme ferramenta com um incrível poder de fogo para as mudanças. Concorda comigo?

Diante disto, quero te convidar a mudarmos o mundo ou, pelo menos, fazermos melhor o mundo ao nosso redor, simplesmente utilizando-nos de algo extremamente raro hoje em dia: A GENTILEZA!

Pois é, já prestou atenção como este gesto está raro de vermos ou de assim agirmos?

Então, partamos do início deste artigo: “o quanto as raridades detém valor e poder de mudança”.

Ora, se concordamos que algo raro detém este poder e que a gentileza assim o é, temos conosco uma poderosa arma para melhorarmos o mundo e o comportamento das pessoas.

Comecemos a, daqui por diante, sem nos preocupar com aqueles que não vão agir como nós, pedir desculpas com mais frequência, inclusive, quando tivermos dúvidas se o erro foi nosso; a pedir licença com mais altivez; a dar boa noite, bom dia e boa tarde, sem preocupação com aqueles que não nos respondem; a fazermos mais favores, sem cobrança; a servirmos sem ninguém pedir; a fazermos o bem pelas pessoas por ter a certeza que, com isto, elas serão mais felizes (lembre-se: felicidade é uma consequência e não uma ação); utilizarmos mais da humildade – lembre-se onde Jesus nasceu e mesmo assim se tornou maior que todos, até hoje; fazermos uma boa ação diariamente – qualquer que seja ela; levantarmos para dar o lugar a alguém – independente da idade; enfim, desenvolvermos ações que gerem felicidade e alegria nas pessoas.

Imagine agora comigo começarmos a ser copiados pelas pessoas, por nossos vizinhos, familiares, colegas de trabalho. Imagine as pessoas oferecendo umas as outras gentilezas, caronas, prontidão. Imagine como seria melhor o mundo que nos rodeia. Imagine o quanto podemos melhorá-lo.

Para começar, que tal fazer uma gentileza, neste momento a quem está do seu lado. Experimente e deixe essa experiência virar um hábito.

Verás, então, o quanto você consegue mudar o mundo ao seu redor.

Quero ressaltar que a sugestão do tema foi de meu leitor Douglas, a quem de pronto quero agradecer demais pela brilhante ideia.

Até a próxima.