+ 55 (11) 98706.1108    contato@gpontes.com

GPontes - Ligando você ao sucesso!

Pontos fortes e pontos de melhoria

Qualquer que seja a pessoa, sem exceção, tem pontos fortes e pontos de melhoria (não gosto do termo “ponto fraco”).

Os pontos fortes são caracterizados pelos recursos – a habilidade que detém alguém para desempenhar com maestria determinadas atividades. Tais pontos tornam os seres humanos mais atraentes, queridos, competitivos, respeitados e interessantes.

De um jeito ou de outro, todos procuram saber o que nos diferencia POSITIVAMENTE das demais pessoas. Isso é fato.

Os pontos de melhoria caracterizam-se pelas dificuldades humanas, pois estes falam da fragilidade que limita o desempenho do “melhor de si”, seja no relacionamento ou no fazimento de algo.

Culturalmente, desde que nascemos, somos levados a esconder nossos pontos de melhoria para nos tornarmos dignos das melhores avaliações. Tudo aquilo que compromete a nossa “boa imagem”, acaba virando motivo de esquecimento proposital e, pasmem, fundamental! Essa é a nossa cultura.

A respeito de pontos fortes, penso que o que deve ser mencionado é: não aumentá-los é um sinal de ponto de melhoria.

Não é incomum conhecermos pessoas que imaginam não precisarem de preocupações maiores com seus pontos fortes diante do alto número que julga tê-los. Julgam-se acima da normalidade.

Tudo isso ocorre pelas nossas limitações e aí, surgem os nossos pontos de melhoria. O mais importante a este respeito é compreendermos que estes nossos pontos, a despeito de não refletirem nossa melhor performance, indicam-nos oportunidades incríveis de grande aprendizado e crescimento.

É preciso reconhecer que a perfeição não faz parte da condição humana. Somos por natureza seres imperfeitos em busca da excelência e quanto mais tentamos esconder nossos pontos de melhoria mais os tornamos visíveis e, algumas pessoas ao nosso entorno, percebendo esse movimento, utilizando-se desse artifício como poder de manipulação para nos fazerem reféns.

A melhor saída para esta situação é aceitar que temos pontos a serem melhorados – isto ajudará a nos posicionar melhor diante das situações do dia-a-dia.

Aprendi com e na vida que o que faz surgir o respeito humano é a busca incessante de aumentar não só o potencial dos pontos fortes, mas, e principalmente, o seu número que, com efeito, faz diminuir o número de pontos de melhoria.

Se necessário, copie das pessoas seus pontos fortes – isso não é vergonhoso, porém digno do ser humano que busca o crescimento.

Não há como transformar pontos de melhoria em pontos fortes, mas há como você se desabituar com ações e sentimentos que não o fazem se elevar em comportamento e em relacionamento humano.

Não busque ter pontos fortes pelas pessoas, mas por você, pois você os merece.

Nasceste para ser elogiado. Estás vivo para ser um exemplo. Deus lhe fez único e com isto te deu o direito da escolha do que pretendes na e da vida.

Reflita do que precisa ser repensado em você (ninguém tem tanta consciência a este respeito quanto você mesmo) e aja agora. Mude para melhor, verás, com isto, surgirem os elogios de sua família, de seus colegas de trabalho, enfim, de todos ao seu redor.

Claro que não se pode esquecer-se de potencializar os pontos fortes (não há nada bom que não possa ser melhorado), porém não adianta ter todo o ouro do mundo e ser um miserável!

Esse é o alinhamento que pode mudar o mundo: cada um se preocupar em mudar a si mesmo o que tem de ser mudado!

Lembre-se o tempo todo: o que por vezes nos parece um grande obstáculo pode, de fato, ser uma excelente oportunidade de aprendizado. Respirar e refletir sobre isto permite que o improvável nos brinde com boas soluções.